Google+ Followers

sábado, 18 de agosto de 2012

Fox Terrier Pelo Duro

Origem
É um cão considerado de adestramento difícil, devido à sua forte personalidade e pela mania de... morder! É um cão cheio de energia e muito bom para ser criado em espaços onde haja terra, pois adora cavar buracos. É muito inteligente, afetuoso e protege muito bem o seu dono. Integra-se perfeitamente à família, mas prefere obedecer as ordens de quem o educa. Pode ser usado como cão de guarda e defesa, pois como já dissemos, morder é com ele mesmo. Se for deixado sozinho por muito tempo pode se tornar destrutivo, estressado e barulhento.


Aparência
O pelo é denso e é necessário tosá-lo a cada três ou quatro meses. A raça pode se apresentar tricolor, nas cores branca, preta e canela, ou bicolor, nas cores branca e canela, mas a sua cor básica é o branco. O tamanho varia entre 33 a 41cm e pode pesar de 6 a 9kg. As fêmeas são um pouco menores.

Saúde
Apesar de ser um cão forte, o fox terrier de pelo duro pode apresentar problemas como epilepsia, causada por fatores genéticos, surdez, que pode ser congênita em alguns exemplares, catarata e dermatites variadas: podem ser atópicas por inalantes ou de contato com substâncias irritantes, como desinfetantes, picadas de pulgas e de carrapatos. Portanto, visitas frequentes ao veterinário são bem-vindas.


Curiosidades
A raça é muito antiga e surgiu na Inglaterra. Há registros datados de 55 a.C. de cães muito semelhantes ao fox terrier atual. Nos quadrinhos, o Milu, cãozinho do repórter Tintim, criado pelo belga Hergé, é um autêntico fox terrier pelo duro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário