Google+ Followers

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Mastiff


Origem
O mastiff é uma raça tradicionalmente inglesa, com antepassados na Assíria e no Tibete. É o cão mais pesado do mundo e foi muito usado no combate entre cães, leões e ursos, na Inglaterra antiga. Hoje, é usado como cão de guarda e de defesa. Afinal, ninguém encara um bicho desse tamanho com muita facilidade.

Aparência
É um cão muito apreciado pelos seus dotes estéticos e pelas qualidades de seu temperamento. Trata-se de um cão grande, volumoso e simétrico. Chega a pesar 90 kg já aos dois anos de idade. As fêmeas são um pouco menores, chegando aos 80 kg. Há casos de mastiffs com três anos ultrapassando os 100 kg. O focinho é largo, os olhos são pequenos e bem separados, as orelhas pequenas e finas. A pelagem é curta e espessa e vem nas cores bege claro, laranja escuro e tigrado com preto. Todos devem apresentar máscara e orelhas pretas.

Saúde
Apesar de ser um cão de proporções exageradas e muito forte, todo cuidado com ele é pouco, principalmente pelo seu peso excessivo. Os filhotes já nascem pesando 600 g e aos seis meses podem chegar aos 50 kg. Por isso a alimentação deve ser superbalanceada e acompanhada de perto pelo veterinário. Não se deve dar muito cálcio para o mastiff para que não apresente problemas de postura. Exercícios físicos são fundamentais, respeitando-se, é claro, os limites do animal. O mastiff pode chegar até os 12 anos de vida.

Curiosidades
A raça é uma das mais populares nos Estados Unidos. Esse verdadeiro gigante é muito pesado e já houve o registro de um exemplar com até 155 kg. É uma raça muito antiga. No Egito foram achados artefatos datados de 3.000 a.C. com representações de mastiffs. Foram trazidos para Europa pelos fenícios. Até o século XVII era usado como cão de guerra e quando Júlio César invadiu a Grã-Bretanha em 55 a.C., os celtas possuíam seus mastiffs. Em 1415 o mastiff participou da batalha de Agincourt.

Nenhum comentário:

Postar um comentário