Google+ Followers

sábado, 29 de setembro de 2012

Old English Sheepdog


Origem
Apesar de existir há séculos na Inglaterra, a origem dessa raça é incerta, mas existem especulações sobre o assunto, entre elas a de que é oriunda do cruzamento do briard com o russian owtcharka que, por sua vez, tem parentesco com os pastores húngaros. Esses cães também são conhecidos como bobtails, por terem a cauda cortada. Foram usados como cães de trabalho e pastoreio até o século XIX e por volta da década de 1880 começaram os cruzamentos diversos para exposições e isso inibiu seus instintos mais agressivos. É um cão simpático, bonachão e muito amigável.


Aparência
O old english sheepdog tem pelagem densa e felpuda que deve ser aparada em climas muito quentes. As orelhas são pequenas e ficam escondidas sob o pelo. Pode pesar até 30kg, um cão de porte grande e as fêmeas são um pouco menores. Vem nas cores acinzentada, cinza e azul. Sua vida é longa, podendo chegar até os 12 anos de idade.


Saúde 
É um cão saudável, mas podem ocorrer problemas como a displasia coxo-femural, dermatites causadas por alérgenos variados, dermatites atópicas, causadas por inalantes, dermatites de contato, causadas por picadas de pulgas e carrapatos, bem como por substâncias irritantes com alguns desinfetantes. A atrofia progressiva da retina e a catarata também podem ocorrer nesse simpático animal.

Curiosidades
Trata-se de um astro da TV e da música. A personagem “Priscila”, estrela da TV Colosso, era um old english sheepdog. O cão também foi estrela de um comercial de TV das tintas Dulux, na Inglaterra, na década de 1960. E a canção “Martha My Dear”, gravada pelos Beatles no Álbum Branco, era uma referência à cadela sheepdog de Paul McCartney. Só isso já basta para imortalizar a raça!



Nenhum comentário:

Postar um comentário