Google+ Followers

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Vira-Lata


Origem
Os vira-latas são os cães mais simpáticos que existem. Na aparência, no comportamento, na saúde, em tudo. São muito dóceis, amigos leais e vigilantes ao extremo. Uma mistura de raças, nos receituários de clínicas veterinárias são denominados de SRD (Sem Raça Definida). O nome vira-lata vem do fato de muitos desses cães, abandonados e perambulando pelas ruas famintos, viram latas de lixo à procura do que comer. 



Não compre, adote!
Existem várias campanhas acontecendo no Brasil e no mundo em torno do tema "Não compre, adote". O objetivo é informar que cada animal comprado, faz com que outro seja condenado à morte nos abrigos. Parece forte, mas é a pura realidade. Se cada indivíduo que deseja a companhia de um bichinho, buscasse seu amigo em espaços de adoção, não haveria tanto animal em abrigos por aí. 




Mudança
Segundo levantamento feito pelo Instituto Datafolha, que entrevistou 613 donos de cães na cidade de São Paulo, apenas 26% dos pets foram comprados. Conclui-se, portanto, que o restante não tenha pedigree ou raça definida. Isso já mostra uma consciência de que amor não precisa de pedigree. Então, dê você também uma segunda chance para quem só precisa de comida, água e muito carinho.


Curiosidades
Os vira-latas têm legiões e legiões de fãs, alguns deles famosos: o pintor carioca hiper-realista, Jorge Eduardo, com obras no acervo do Metropolitan Museum de Nova York e em galerias de arte espalhadas pelo mundo, fundou uma instituição, se é que pode ser assim chamada, entre amigos, com o sugestivo nome de “Vira-lata Dormindo”. Segundo ele, o “Vira-lata Dormindo” cumpre fielmente seu papel de não dar lucro algum e manter seu espírito irreverente ao longo dos anos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário